Eternizando em palavras a fugacidade do coração.

“(…) porque, para mim, pessoas mesmo são os loucos, os que estão loucos para viver, loucos para falar, loucos para serem salvos, que querem tudo ao mesmo tempo agora, aqueles que nunca bocejam e jamais falam chavões, mas queimam, queimam, queimam como fabulosos fogos de artifício explodindo como constelações em cujo centro fervilhante – pop! – pode-se ver um brilho azul e intenso (…)”

On the Road – Jack Kerouac

O começo estava meio maçante, mas do meio em diante…. sem palavras….

Para os espíritos livres, ler esse livro é fundamental.

😉

Anúncios

Uma resposta

  1. Nathalia Lima

    A-M-E-I

    cada dia mais vc está mais poetisa my dear.

    i liked

    27 de maio de 2010 às 20:18

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s